Óleos Essenciais para bebês: 7 Dicas Incríveis

Óleos Essenciais para bebês e crianças. Óleos que ajudam seu bebê. Conheça e use-os com segurança!

Hoje vamos falar sobre os óleos essenciais para bebês, sabemos que muitas mamães desejam compartilhar com seus filhos os benefícios dos óleos essenciais, no entanto, precisam de orientações para fazer uso dos mesmos com tranquilidade, visando o bem-estar de suas crianças.

Existem muitas receitas caseiras em relação à saúde e nem todas são confiáveis, mas os óleos essenciais têm sido usados ​​de maneira confiável na medicina alternativa inclusive para os bebês e crianças. Você pode encontrar um óleo essencial específico para cada fase da sua vida e de seu filho(a). Vamos descobrir juntos?

Comece por aqui!

É seguro óleos essenciais para bebês e crianças?

Quando o assunto é segurança para nossos bebês e nossas crianças, precisamos levar muito a sério, e com relação o uso de óleos essenciais nos mesmos, a atenção é redobrada. Para bebês com mais de três meses, alguns óleos essenciais podem ser usados ​​para ajudar a incentivar o sono, acalmar a ansiedade e até aliviar os sintomas de cólica.

Antes de fazer a aplicação de óleos essenciais para bebês e crianças, é importante saber as taxas de diluição e os métodos de aplicação corretos. Sempre fique atento(a) quando for adquirir os óleos essenciais, verifique a qualidade se é 100% puro e natural, fique atento a data de validade, se são autênticos ou não.

Cuidado com os óleos essenciais pré-misturados com álcool, a pele do bebê é muito sensível e pode ficar irritada caso aplique na pele do mesmo. Você também deve evitar fragrâncias sintéticas, que são completamente diferentes dos óleos essenciais, que não trazem benefícios à saúde e portanto, podem desencadear alguma reação alérgica.

Cada óleo essencial é diferente, abaixo confira os mais seguros para uso em bebês e crianças. No entanto, esses óleos essenciais foram considerados os mais adequados quando usados ​​de maneira correta e com moderação.

Veja ainda: Aromaterapia para bebês: Saiba quais são os principais benefícios

 

óleos essenciais para bebês e crianças
Duas meninas segurando um frasco com óleo essencial

Usando óleos essenciais de maneira segura

Nunca aplique óleos essenciais diretamente na pele, sempre os misture com um óleo carreador ou transportador, eles são muito potentes e devem ser diluídos para evitar possíveis alergias. Além disso, nunca deixe-os ao alcance dos pequenos, também não deve beber ou ingeri-los.

A orientação recomendada é que evite o uso dos óleos essenciais ​​em bebês com menos de 3 meses de idade, no máximo um difusor de ambientes. No entanto, a aromaterapia  quando feita de forma correta em bebês e crianças pode melhorar o sono, acalmar a ansiedade e aliviar os sintomas de cólicas.

 

Quais óleos essenciais para bebês e crianças são indicados?

Óleos essenciais de camomila alemã e camomila romana são suaves e podem ser benéficos para os bebês e as crianças que têm dificuldade para dormir. A camomila por natureza tem efeitos calmantes naturais e é tradicionalmente usada para tratar a insônia em bebês e adultos.

O óleo essencial de camomila, juntamente com o óleo essencial de lavanda, pode aliviar os sintomas de cólica. A camomila ajuda na ansiedade e depressão e pode elevar o espírito de um bebê agitado deixando a criança bem calma. Continue lendo e confira os óleos abaixo citados.

Veja também: Óleos essenciais para concentração e foco

 

Óleo essencial de Endro

Quando se fala em óleos essenciais para bebês temos que citar o óleo essencial de endro é recomendado para o uso de mulheres gestantes bem como para bebês. Entre seus benefícios ele é um poderoso calmante e antiespasmódico que pode ajudar a aliviar a indigestão. Além disso é excelente para amenizar problemas de distúrbios no estômago e maravilhoso para a pele.

Para usar, dilua o óleo de endro em uma proporção de 1 gota por colher de chá de óleo carreador, misture bem e massageie delicadamente a mistura na pele do seu filho.

 

Óleo essencial de Eucalipto

O óleo essencial de eucalipto é rico em propriedades terapêuticas medicinais, um expectorante natural que pode ajudar a desobstruir a congestão respiratória, é ainda antibacteriano, anti térmico e antiespasmódico. Isso faz do óleo essencial de eucalipto um dos mais favoritos durante os meses frios do inverno.

Nota: O uso do óleo essencial de eucalipto, não deve ser usado em crianças com menos de 2 anos de idade. Portanto, antes de usar o óleo de eucalipto em seu filho, entre em contato com seu pediatra antes de usá-lo para aliviar os sintomas respiratórios.

 

Óleo essencial de Lavanda

A lavanda tem muitos efeitos calmantes e sedativos, muito utilizada em forma de chás naturais. E quando se trata de óleos essenciais, ao fazer uma deliciosa massagem com o mesmo, isso pode ajudar a relaxar um bebê agitado e ainda incentivar o sono dessa criança.

Além disso, o óleo essencial de lavanda também pode ser usado para amenizar os incômodos de picadas de insetos e para reduzir a coceira. Ele é também recomendado para aliviar os sintomas de cólica.

Veja agora: Como usar óleos essenciais para ansiedade

 

Óleo essencial de Melaleuca (árvore do chá)

Um excelente antimicrobiano, antifúngico e desinfetante natural, esse é o óleo essencial melaleuca, também conhecido como árvore do chá. A adição de algumas gotas desse poderoso óleo essencial da árvore do chá a um óleo sem cheiro pode ajudar com assaduras e/ou infecções por fungos.

A árvore do chá é um óleo mais forte, e portanto, pode ser severo para a pele, portanto deve ser evitado em bebês com menos de 6 meses de idade e ainda assim, deve ser cuidadosamente testado antes de ser usado em crianças mais velhas.

 

Recomendações de diluição

Os óleos essenciais são extremamente potentes e devem ser diluídos em um óleo carreador quando usados ​​na pele. Deve ser feito a diluição ainda mais quando for usada em bebês e crianças pequenas.

  • Para bebês com mais de 3 meses, é recomendável uma taxa de diluição segura de 0,5 a 1 por cento, em comparação com uma diluição de 2 a 5 a 10 por cento para pessoas adultas.
  • Como os bebês têm pele muito mais sensível que a dos adultos, observa-se que os óleos essenciais não devem ser utilizados em crianças com menos de 3 meses de idade. Mesmo quando diluídos, os óleos essenciais podem causar irritação e sensibilidade, principalmente quando expostas ao sol.
  • É recomendável que um teste de sensibilidade seja realizado na pele, com cada novo óleo introduzido.

 

óleos essenciais para bebês e crianças
Mãe fazendo massagens nos pés do bebê

Realizando o teste de sensibilidade

Aplique uma pequena quantidade (não maior que uma moeda de dez centavos) de óleo essencial diluído num pequeno espaço da perna ou no braço do bebê. Aguarde 24 horas e observe para ver se há uma reação. Se ocorrer uma reação, interrompa o uso (uma reação provavelmente causaria vermelhidão, inflamação ou seria dolorosa ao toque). Se nenhuma reação ocorrer, é seguro seguir com a aplicação do óleo essencial.

De acordo com o livro “Aromatherapy for babies and children”, (Aromaterapia para bebês e crianças) por Shirley Price, são mencionados alguns óleos considerados seguros para crianças e bebês:

  • Bergamota
  • Cedro
  • Camomila romana
  • Cipreste
  • Olíbano
  • Gerânio
  • Gengibre
  • Lavanda
  • Limão *
  • Tangerina
  • Tea tree
  • Laranja doce
  • Rosas
  • Alecrim
  • Sândalo
  • Ylang ylang

Para os óleos fotossensíveis, recomenda-se que não fique exposto ao sol após o uso. A aromaterapia utiliza os óleos essenciais porque envolve o toque e a comunicação entre a mãe e o bebê. As dicas a seguir podem ser usadas com segurança, porém, em caso de dúvida, procure sempre um especialista.

Dicas importantes sobre o uso dos óleos essenciais

  • Não se esqueça, sempre mantenha os óleos essenciais longe do alcance das crianças.
  • Sendo os óleos essenciais substâncias concentradas, nunca utilize puro na pele da criança, porém sempre diluído em óleo vegetal.
  • No caso de ingestão, dê um pouco de leite à criança, e procure atendimento médico imediatamente.
  • Óleos com alto teor de mentona ou mentol devem ser evitados. Ex: espécies de hortelã e cânfora.

Os óleos essenciais para bebês e crianças podem ser eficazes. No entanto, ter a orientação de um especialista em aromaterapia é importante. Não substitua medicamentos por óleos essenciais por conta própria. Fale com seu médico primeiro.

1. Cólicas do bebê

Antes de usar óleos essenciais para diminuir as cólicas do bebê, deite-o de bruços e faça exercício com as pernas do bebê para contrair a barriga, ou ainda faça compressa de água morna.

Para diminuir a cólica da criança significativamente, em um recipiente, misture 2 colheres de sopa de óleo vegetal de amêndoa doce, adicione 1 gota de Óleo essencial de lavanda + 1 gota de Óleo essencial de gerânio. Aplique na região do abdômen e nas costas da criança, massageando delicadamente.

2. Óleos essenciais para bebês e crianças para resfriados

Misture 2 colheres de sopa de óleo essencial de semente de uva e adicione 2 gotas de Óleo essencial de tea tree + 1 gota de limão tahiti + 1 gota de Óleo essencial de alecrim. Massageie o pescoço e o peito do bebê ou também da criança maior, faça isso 2 vezes ao dia.

3. Constipação

Misture 15 gotas de óleo de gengibre e adicione 15 gotas de óleo essencial de laranja doce em 60ml de óleo vegetal de germe de trigo. Agora faça massagem na região do abdômen e os pés.

4. Cessar o choro do bebê

Misture 5 gotas de Óleo essencial de gerânio + 5 gotas de Óleo essencial de lavanda + 5 gotas de óleo essencial de ylang ylang em 60ml de óleo de amêndoa doce. Massageie o corpo do bebê. Você mamãe também pode colocar 5 gotas de qualquer um dos seguintes óleos no aromatizador e cobrir com água, são eles: cipreste, gerânio, lavanda ou ylang ylang.

5. Dor de ouvido

Entre os óleos essenciais para bebês e crianças para serem usados na dor de ouvido do pequeno que vão ajudar. Dilua 60ml de óleo de copaíba + 20 gotas de óleo essencial de lavanda + 10 gotas de Óleo essencial de tea tree. Coloque em um cotonete e aplique em volta do ouvido, na região externa e atrás da orelhinha do pequeno.

6. Óleos essenciais para bebês e crianças para o soluço

Às vezes o bebê pode ter soluços e para ajudar a criança, acrescente 5 gotas de Óleo essencial de tangerina no aromatizador elétrico e cubra com água ou coloque uma gotinha na sola dos pés e massageie delicadamente.

7. Para acabar com piolhos

Misture em 60ml de óleo de copaíba + 15 gotas de óleo essencial de eucalipto + 15 gotas Óleo essencial de gerânio + 15 gotas de Óleo essencial de lavanda. Aplique com um algodão no couro cabeludo da criança. Depois é importante cobrir a cabeça dela com um lenço e aguarde agir por pelo menos 3 horas.

O interessante é que a criança durma com a mistura na cabeça e lave pela manhã retirando toda mistura. Repita após 48 horas.

Misture com óleo carreador

O óleo vegetal, o óleo de coco e o óleo de amêndoa doce são óleos básicos carreadores que se misturam bem aos óleos essenciais. Possuem qualidades hidratantes e ajudam a nutrir a pele. O óleo de amêndoas é misturado aos óleos de base; portanto, verifique a lista de ingredientes do seu óleo de base para detectar possíveis alérgenos. Confira também uma lista de óleos vegetais.

Para misturar, dilua um óleo essencial na proporção de 0,5% de óleo essencial em relação ao óleo base. Agite ou misture vigorosamente para misturar. Depois que os óleos estiverem bem misturados, faça um teste de sensibilidade na perna ou no braço do bebê para garantir que a fórmula não seja irritante.

Para aromatizar o quarto do bebê pulverize o óleo essencial diluído para criar um perfume relaxante antes dele dormir. No entanto, evite borrifar diretamente nos travesseiros para garantir que seu bebê não ingira acidentalmente os óleos.

Difusor

Usar óleos essenciais para bebês e crianças no difusor é uma alternativa eficaz e natural. São excelentes quando utilizados em purificadores de ambiente artificiais. Enquanto os adultos podem usar difusores de velas, os vaporizadores à base de água são uma maneira mais segura de espalhar um perfume por qualquer cômodo da sua casa.

Ao experimentar óleos essenciais, teste uma pequena quantidade de cada óleo novo em um vaporizador por uma hora para garantir que não ocorra irritação.

Espero que tenha gostado do conteúdo Óleos Essenciais para bebês: 7 Dicas Incríveis
Aproveite e tenha acesso a outros conteúdos sobre Óleos Essenciais separados exclusivamente para você :)

Raquel Andrade

Olá, para que você conheça um pouco mais sobre mim vou me apresentar: Eu sou a Raquel Andrade, curiosa e apaixonada por tudo que é natural e orgânico. Tenho mais de 3 anos de experiência em pesquisas e estudos com óleos essenciais. Criei esse blog para compartilhar com você todo o meu conhecimento e informações importantes sobre os incontáveis benefícios que os óleos essências podem acrescentar a sua saúde e rotina diária. Meu objetivo é fazer com que você aprenda os cuidados corretos ao utilizar seu óleo e use a natureza ao seu favor.

Mais histórias no MoeBrasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 2 =

Go up