O que é Óleo Mineral, para que serve?

Descubra o que é óleo mineral, qual a diferença dele e do óleo vegetal. Conheça seus benefícios! Saiba mais!

O que é óleo mineral? É um tipo de substância química feita de óleo de petróleo bruto que ocorre de forma natural. Os óleos minerais são líquidos incolores, transparentes, oleosos, inodoros e insípidos. Eles são insolúveis em água e etanol, solúveis em benzeno, éter de petróleo, dissulfeto de carbono e óleos voláteis.

Você vai conferir a seguir o que é óleo mineral, para que serve e como usar. Uma série complexa de etapas de processamento é necessária para produzir óleos minerais com as propriedades físicas e pureza necessárias para tornar cosméticos, alimentos e produtos farmacêuticos seguros para consumo. Continue lendo...

Comece por aqui!

O que é óleo mineral? Qual a diferença do óleo vegetal

Os óleos minerais também são denominados óleos básicos. São excelentes hidratantes e também nutritivos para o corpo, no entanto, existem diferenças entre óleo vegetal e óleo mineral, e não é qualquer óleo que garante esses efeitos. Ou seja, óleos minerais promovem um efeito hidratante, mas agem de forma diferente dos óleos vegetais.

O óleo mineral quando em contato com a pele forma uma barreira na superfície, e isso impede que a água evapore, e evita o ressecamento da pele. Graças a isso, o óleo mineral é eficaz quando usado em queimaduras, pois protege a região lesionada e evitando que ela resseque; uma das mais recomendadas para proteção do que para hidratação.

Já os óleos vegetais promovem uma melhor hidratação e nutrição da derme. Eles são formados por trigliceróis e, dependendo de qual fonte o óleo vegetal é extraído, podem conter vitaminas, nutrientes e antioxidantes.

E ainda, podem ser utilizados como hidratantes para a pele. Alguns óleos vegetais têm ótimo desempenho na culinária na elaboração de deliciosos pratos. Também são ótimos “óleos carreadores” - que servem para fazer a diluição de óleos essenciais, de modo que os óleo vegetais, uma vez que os mesmos são muito concentrados e podem causar irritações na pele.

Veja ainda: Como usar o óleo essencial de Gerânio

 

o que é óleo mineral
Mulher passando óleo mineral na pele

O que são óleos Essenciais

Os óleos essenciais são obtidos a partir da extração de flores, folhas, frutos, caules e raízes de plantas aromáticas. São considerados a “alma da planta”, por serem altamente concentrados, puros e aromáticos. Possui consistência menos densa que o óleo vegetal e, diferente deste, é extremamente volátil.

Por serem extremamente concentrados, não devem ser utilizados puros sobre a pele. Devem ser diluídos em um óleo carreador, como por exemplo os óleos vegetais. A diluição recomendada por profissionais da aromaterapia, são entre 2% a 3% de óleo essencial na substância carreadora.

Benefícios do óleo mineral para a saúde e pele seca

Os óleos minerais são geralmente usados ​​e têm vários benefícios à saúde, desde amaciar a pele até aliviar a constipação. Os cosméticos utilizam óleos minerais há mais de um século. Muitos produtos utilizados na pele possuem em sua composição óleos minerais porque são hidratantes eficazes. A maioria das pessoas escolhe o óleo mineral devido aos seus potentes efeitos hidratantes que suavizam a pele.

Se você tem pele muito seca, o óleo mineral pode ajudar. Os óleos minerais criam uma barreira na pele que sela a umidade e reduz a perda de água transepidérmica ou seja camadas epidérmicas (evaporação da água através da pele). É por isso que funcionam melhor após o banho, quando a pele está úmida.

Os pés são com certeza algumas das partes mais secas do nosso corpo. Quando os pés estão secos e com rachaduras, aplicar óleo mineral com um pouco de água antes de dormir pode fazer maravilhas tornando-os macios. Coloque meias para ajudar a reter mais umidade e evitar que os lençóis fiquem gordurosos.

Benefícios para a saúde

  • Para constipação: o óleo mineral é um lubrificante e laxante. Ao tomar óleo mineral por via oral ou usá-lo como enema pode auxiliar no alívio da constipação aguda.
  • Eczema: se a pele estiver irritada por causa do eczema, o óleo mineral pode ser um ótimo agente calmante e hidratante. Pomadas, com óleo mineral, têm o maior teor de óleo, portanto não queimam a pele sensível. Ele é mais eficaz para o eczema quando aplicado na pele molhada, uma boa alternativa para evitar cremes de cortisona, especialmente se usados na pele sensível do bebê.

Remoção de cera de ouvido

O óleo mineral ajuda a dissolver a cera do ouvido e hidratar o canal auditivo, tornando mais fácil o deslocamento da cera, com o auxílio de um conta gotas colocando algumas deste óleo dentro do ouvido. Primeiro verifique com seu médico se você usa aparelhos auditivos ou teve perfurações no tímpano antes de tentar remover a cera do ouvido em casa.

Veja também: Óleo essencial de eucalipto para que serve

o que é óleo mineral
Mulher com dermatite ceborreíca - caspas

Dermatite seborreica

A dermatite seborreica afeta muitos bebês no primeiro ano de vida, o que pode ser frustrante para os pais. Massagear uma pequena quantidade desse óleo na cabeça do bebê pode tratar essa condição. Após a aplicação, deixe agir algumas horas, massageie suavemente o couro cabeludo com uma escova macia e penteie as escamas soltas. Após lave o cabelo do bebê, porque o acúmulo de óleo pode piorar o problema.

Se você estiver usando óleo mineral para eliminar a caspa, siga as mesmas etapas para remover as crostas.

Possíveis efeitos colaterais e precauções

O óleo mineral em geral é considerado seguro. Quando usado diretamente nas camadas superiores da pele, portanto, há pouco risco de efeitos colaterais sistêmicos. No entanto, algumas reações devem ser observadas com outros usos.

Uso oral Siga estas precauções;

Não tome óleos minerais por mais de uma semana, a menos que tenha recomendação médica. O uso excessivo de laxantes pode tornar seu corpo dependente deles para evacuações regulares, ou seja, causar danos no intestino e também desnutrição. O uso a longo prazo causa problemas com a quantidade de água e sais em seu corpo.

Mulheres grávidas devem evitá-lo. Ingerir óleos minerais pode ainda interferir na absorção de algumas vitaminas importantes para uma grávida, e isso pode causar hemorragia no recém-nascido. A inalação do mesmo é particularmente perigosa podendo causar pneumonia. Não se deve tomar óleos minerais pelo menos duas horas antes de outro medicamento, uma vez que pode reduzir a potência de seu remédio.

No caso de quem tem dificuldade de engolir é recomendado não tomar óleo mineral, pois o óleo pode entrar acidentalmente nos pulmões e causar pneumonia. Pacientes idosos devem evitar tomá-lo via oral devido ao potencial de aspiração ou outros efeitos adversos.

Enema

Enemas à base de óleo mineral podem causar erupção cutânea, coceira ou urticária, inchaço da face, lábios ou língua; diarreia grave ou dificuldade em respirar ou falta de ar. Caso ocorra alguns desses efeitos colaterais, fale com seu médico o mais rápido possível. Outros efeitos colaterais incluem:

  • Irritação da pele retal
  • Fezes soltas
  • Desconforto no estômago ou cólicas inferiores
  • Náusea

O óleo mineral pode ainda torná-lo mais suscetível quando usado em exposição excessiva ao sol, pois o aumento da penetração dos raios ultravioleta (UV), pode ser um risco de câncer de pele.

Dosagem Oral de Constipação

Bebês e crianças com menos de 6 anos não em geral não devem tomar laxantes sem a prescrição de um médico. O mesmo se aplica ao óleo mineral. As crianças têm maior probabilidade de inalar óleo mineral devido à sua tenra idade, aumentando o risco de pneumonia. As dosagens recomendadas para uso oral para constipação:

  • Adultos, adolescentes e crianças com 12 anos ou mais: A dose recomendada é de 30 a 90 ml por dia (ou seja, por via oral), conforme necessário para aliviar a constipação. A dose diária máxima deve ser única ou dividida em até três partes iguais. A menos que um médico faça prescrição, não faça uso por mais de uma semana,
  • Crianças de 6 a 11 anos: A dose recomendada é de 10 a 30 ml por dia, conforme necessário para aliviar a constipação. A dose diária máxima deve ser administrada em dose única ou dividida ou até três partes iguais. Bebês e crianças menores de 6 anos, a segurança e a eficácia não foram estabelecidas.

Os produtos cosméticos que contêm óleo mineral não apresentam riscos para a saúde em condições normais de uso. Uma coisa importante que você precisa saber, é que o óleo mineral altamente refinado e usado na composição de cosméticos e produtos de higiene pessoal é diferente dos óleos não refinado e usados em indústrias automotiva, ferroviária e de aviação.

Artigo feito a partir de pesquisas em sites seguros. Esperamos que todas as suas dúvidas sobre óleos minerais tenham sido sanadas, e ressaltamos a importância em caso de dúvida, consultar um médico responsável. Agora você já entende o que é óleo mineral, óleos vegetais e óleos essenciais.

Espero que tenha gostado do conteúdo O que é Óleo Mineral, para que serve?
Aproveite e tenha acesso a outros conteúdos sobre Óleos Essenciais separados exclusivamente para você :)

Raquel Andrade

Olá, para que você conheça um pouco mais sobre mim vou me apresentar: Eu sou a Raquel Andrade, curiosa e apaixonada por tudo que é natural e orgânico. Tenho mais de 3 anos de experiência em pesquisas e estudos com óleos essenciais. Criei esse blog para compartilhar com você todo o meu conhecimento e informações importantes sobre os incontáveis benefícios que os óleos essências podem acrescentar a sua saúde e rotina diária. Meu objetivo é fazer com que você aprenda os cuidados corretos ao utilizar seu óleo e use a natureza ao seu favor.

Mais histórias no MoeBrasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − cinco =

Go up